Sirius Travel Lufthansa City Center
Contacte-nos 707 200 869
 

Egito - Pérola do Nilo 2018/2019

  • Cairo & Cruzeiro pelo Nilo, Egito
  • Circuito
  • 8 Dias / 7 Noites
  • APA + PC (cruzeiro)
Desde € 1270,00
 

Dia 1 Portugal/Cairo
Partida em voo com destino ao Cairo, via Istambul. Chegada transfer ao hotel e alojamento.

Dia 2 Cairo
Pequeno-almoço. Pela manhã, visita à necrópole de Gizé com as famosas Pirâmides de Quéfren, Miquerinos e Quéops, a Esfinge e o templo baixo. Tarde livre com possibilidade de visitar a necrópole de Sakkara (opcional).

Dia 3 Cairo
Pequeno-almoço. Visita ao Museu Egípcio do Cairo, a maior coleção de peças faraónicas do mundo. Continuação pelo Cairo islâmico e cristão, a cidadela de Saladino, com a mesquita de Mohamed Ali ou de Alabastro e o Bairro Copta.

Dia 4 Cairo/Luxor
Pensão completa. Partida em voo com destino a Luxor. Visita ao templo de Karnak dedicado ao deus Amon, onde destacamos a Sala Hipóstila e as grandes dimensões do recinto. Embarque no cruzeiro. Ao entardecer, visita ao Templo de Luxor, chamado "o harém de Amon". Os templos de Karnak e Luxor estavam unidos por uma avenida de Esfinges. 

Dia 5 Luxor/Esna/Edfu
Pensão completa. Partida para a margem ocidental do Nilo para visitar o Vale dos Reis (incluídos três túmulos. O túmulo de Tutankhamon não está incluído), o templo Deir el-Bahari ou da rainha Hatshepsut e os Colossos de Memnon ou templo de Amenófis III. Regresso ao barco e início da navegação até Esna e Edfu. 

Dia 6 Edfu/Kom Ombo/Assuão
Pensão completa. Pela manhã, visita ao templo de Edfu dedicado ao deus Hórus, o mais bem conservado do Egito. Regresso ao barco e continuação da navegação até Kom Ombo. Pela tarde, visita ao templo consagrado ao deus Sobek, o crocodilo, em Kom Ombo. Navegação até Assuão. 

Dia 7 Assuão/Abu Simbel/Assuão
Pensão completa. Manhã dedicada a realizar a excursão em carro aos templos de Abu Simbel mandados construir por Ramsés II e situados no Lago Nasser. Pela tarde, visita ao templo de Ísis, situado antigamente na Ilha de Filas e ao obelisco inacabado. Resto da tarde-noite para passear por um dos mercados mais importantes da rota das especiarias, o Souk de Assuão. 

Dia 8 Assuão/Cairo/Portugal
Partida em voo de regresso a Portugal, via Istambul. Chegada

Saída à Sexta-feira, Sábado e Domingo


Preços por pessoa (mínimo duas pessoas)




Cat. C Cat. B Cat. A
Temporada Preço S. Indiv. Preço S. Indiv. Preço S. Indiv.
1-30 abr 1.040 185 1.130 205 1.355 350
1 mai-30 set 980 150 1.080 185 1.260 295
1 out-23 nov 995 185 1.090 205 1.320 350

 

Informação aérea:
Turkish Airlines. Preços baseados em classe V. Supl. 15 jul-15 set. L: 45 €.
Taxas aéreas e combustível (aprox.). TK: 280 €.
Consultar outras classes de reserva. 

 

O valor inclui

  • Voos de linha regular, classe económica (reservas em classes especiais)
  • Alojamento e pequeno-almoço. Cruzeiro em regime de pensão completa (bebidas não incluídas).
  • Transfers em serviço regular com assistência em Espanhol e/ou Inglês.
  • Circuito regular com guia local em espanhol. 
  •  Seguro de viagem

O valor não inclui

  • Despesas de reserva 
  • Visto (obrigatório pagar no ato da reserva) 
  • Gratificações
  • Seguro Cancelamento Antecipado (opcional)
  • Qualquer outro serviço não mencionado e extras de carácter pessoal


Observações

  • As visitas incluídas, assim como a ordem do itinerário podem sofrer alterações, em função dos horários dos voos internos confirmados pela companhia aérea, sem que isso afecte o conteúdo do programa adquirido 
  • Devido ao intenso tráfego no Rio Nilo, a passagem pela comporta de Esna pode ser demorada. Em caso de necessidade, as visitas incluídas em Luxor serão realizadas em autocarro ou mini-bus, desde a cidade de Esna (aprox. 50 km)
  • É obrigatório passaporte com validade mínima de 6 meses 
  • O visto é entregue juntamente com a restante documentação de viagem (obrigatório - pagamento no ato da reserva) 
  • As gratificações são pagas no destino e incluem os bagageiros no Cruzeiro e no Cairo, pessoal dos restaurantes, Motoristas e Guias, não havendo lugar a outros pagamentos 
  • No Egito não existem quartos triplos, apenas quartos duplos com cama extra ou sofá 
  • Os alojamentos previstos poderão ser substituídos por outros de categoria igual ou superior 
  • Descontos a Crianças/Bebés sob consulta

O Egito é um país do norte de África, que inclui a península do Sinai, na Ásia, o que o torna um estado transcontinental. Com uma área de cerca de 1 001 450 km², o Egito faz fronteira a oeste com a Líbia, a sul com o Sudão e a leste com a Faixa de Gaza e Israel. O litoral norte é banhado pelo mar Mediterrâneo e o litoral oriental pelo mar Vermelho. A península do Sinai é banhada pelos golfos de Suez e de Acaba. A sua capital é a cidade do Cairo.


Clima


Inverno (mín/max)

Verão (min/max)

Cairo

8-20ºC

24-33ºC

Assuao

11-28ºC

27-40ºC

Luxor

10-26ºC

24-38ºC

Hurghada

9-27ºC

20-33ºC

Alexandria

12-20ºC

22-30ºC


Com exceção do litoral, que se inscreve na zona climática mediterrânica, o Egito tem um clima tropical árido, caraterizado por uma estação quente, de Maio a Setembro, e uma estação fresca, de Novembro a Março. Na região costeira, as temperaturas variam entre os 37,2°C e os 13,9°C. O contraste térmico entre o dia e a noite é marcado nas regiões desérticas (máximo dia de 45,6°C e mínimo noite de 5,6°C; no inverno, a temperatura pode descer até aos 0°C).


Documentação

É necessário visto e passaporte com validade mínima de 6 meses.


O que levar na mala

Recomendamos que leve roupa de verão com tecidos naturais e ligeiros. Para os meses de inverno é necessário levar roupa quente para as noites mais frias. São imprescindíveis: calçado confortável, calções de banho, óculos de sol, chapéu e protetor solar.


Moeda

A moeda é a Libra Egípcia - Pound em Inglês, Guinesh em Árabe - dividida em 100 Piastras. 1 Euro = 7,5 Libra Egípcia (valor aproximado). O Euro pode ser trocado nas diversas casas de câmbio ou nos bancos, que existem em todas as cidades. Os cartões de crédito são aceites na maioria dos hotéis e no comércio, no entanto existem alguns Barcos dos cruzeiros que não os aceitam.


Gratificações

Também chamadas de "bakshish” são obrigatórias, pois uma grande maioria de pessoas depende exclusivamente delas para viver. Nos restaurantes, o normal é deixar 10% do total da conta. Outras gratificações comuns são a: motoristas, carregadores de malas, tripulações dos cruzeiros, guias, guardas dos templos, etc. Ao efetuar a sua reserva será solicitada uma quantia, a pagar localmente, onde estão incluídas todas as gratificações a distribuir ao longo da viagem. 


Compras 

Trabalhos artesanais feitos com couro, prata e cobre com incrustações, figuras em âmbar e alabastro, objetos em latão e cobre, sedas, papiros, tapeçarias, entre outros, são muito apreciados, sem esquecer a arte de bem regatear os preços.


Cruzeiros

O baixo nível do rio Nilo leva ao encerramento das comportas, entre outros fatores de força maior que podem afetar o programa. As direções das companhias de navegação reservam o direito de modificar os itinerários ou anular alguma visita, sem aviso prévio e sem direito a reembolso.


Cairo

Capital do país, o Cairo tem uma população de 16 milhões de habitantes. Fundada há mais de mil anos pelos Faimitas, é considerada a maior cidade de África, a mais caótica e a mais simpática.


Pirâmides e Esfinges 

Estes monumentos estão situados na mais fantástica e impressionante necrópole do mundo: Gizé. Destacam-se as três pirâmides mais importantes: Keops, Kefrèn e Micerinos, que se elevam majestosamente há mais de 4.500 anos. Ao lado das pirâmides está a esfinge, metade Homem metade Leão, que de forma majestosa e serena guardava a entrada do templo funerário.


Cidadela 

A Cidadela foi construída no Séc. XII d.C. sobre uma colina que domina o Cairo. Destaca-se a Mesquita de Mohamed Ali, também chamada de mesquita de Alabastro, no centro da cidade, moderna e de estilo otomano. A partir do seu pátio pode desfrutar-se de uma magnifica vista sobre o Cairo e as pirâmides.


Museu Egípcio 

Fundado pelo arquiteto Mariette Pasha, o Museu das antiguidades guarda o maior tesouro arqueológico, que chega quase ao meio milhão de peças dos diferentes impérios da era Faraónica. Destaca-se o fabuloso tesouro de Tutankamon, encontrado no túmulo descoberto em 1922, por Howard Carter.


Khan El Khalili 

Um dos Bazares mais célebres do Oriente. É um labirinto de ruas estreitas, onde se encontram múltiplas tendas e são fabricadas, armazenadas e vendidas jóias, tapeçarias, perfumes, especiarias, entre outros artigos.


Menphis e Sakkara

A 25 Km a sul do Cairo encontra-se a antiga Menphis; uma grande estátua de Ramsés II e uma esfinge, que testemunham o esplendor do antigo império. Próxima desta estátua está a necrópole de Sakkara, com a mastaba de Zoser. Numerosas pirâmides e centenas de mastabas, algumas decoradas com pinturas de excecional beleza.


Luxor 

A antiga Tebas. O nome de Luxor deriva do árabe Al Cosur, que significa "os palácios". Capital do novo império, era a zona de culto a Amón. A este do Nilo, em pleno centro da cidade, encontra-se o majestoso Templo de Luxor, construído por Amenofis II, em honra a Amón. Uma avenida de esfinges leva-nos ao grandioso Templo de Karnak. Na zona oposta está a necrópole de Tebas, onde se pode ver alguns dos mais importantes monumentos da arte sepulcral egípcia: o Templo da Rainha Hatshepsut (Deir El Bahari) e os Colossos de Mémnon. Na sua proximidade está o famoso Vale dos Reis e das Rainhas, que guardam os túmulos de alguns dos mais importantes faraós do Egito, entre eles o do mítico Tutankamon, Ramsés II e Tutmosis III.


Esna

Esta cidade agrícola situa-se ao lado da primeira comporta do Nilo, a uns 48 Km ao sul de Luxor. O templo de Khnum é o monumento mais importante da cidade. Construído na época greco-romana, o edifício está suspenso por 24 colunas com diferentes capitules. Tantos estes como os muros estão cobertas por textos e cenas, especialmente as dos deuses, que são as mais impressionantes.


Edfú

Local onde se controlava a entrada e a saída do país núbio, no antigo império. No passado, o grande templo de Horus foi parcialmente coberto por algas, durante as inundações periódicas do Nilo. Após o trabalho de restauro, este é um dos mais belos templos da época Ptolemaica.


Kom Ombo

Sobre um pequeno promontório, numa curva do Nilo, está o templo que foi único no Egito. Edificado durante o império dos Ptolomeus, foi consagrado aos deuses Horoeris, com cabeça de falcão, e a Sobek, com cabeça de crocodilo. Nos muros exteriores e interiores do recinto estão representadas cenas curiosas e relevos preciosos, que proporcionam dados valiosos sobre os antigos métodos artísticos.


Assuão

É a cidade mais meridional do Egito, junto às grandes comportas, que retêm as águas do lago Nasser. Assuão tem mais de 250 mil habitantes, na sua maioria de raça núbia, uma das mais esbeltas do mundo, de cor escura e traços finos. Pode-se visitar a grande barragem, o Obelisco inacabado na pedreira de granito, a ilha elefantina, o túmulo de Agha Khan, o precioso jardim botânico na ilha Kitchener, os restos do templo de Khnum e o Templo de Philae.


Abu Simbel

A 300 Km a sul de Aswan elevam-se os Templos de Abu Simbel, o santuário mais impressionante de Nubia. O grande templo de Ramsés II, com uma fachada de quatro gigantescas estátuas do faraó Ramsés II, de 21 metros de altura, guarda a entrada das salas hipostilas do templo. Ao lado, encontra-se o pequeno templo, dedicado a Hathor e à Rainha Nefertari. Os templos são considerados os mais completos e belos artisticamente. Com a construção da grande barragem de Aswan, os templos foram condenados a ficar submersos pelas águas do imenso lago Nasser. Com o apoio da UNESCO e a colaboração de vários países, o Egito realizou os trabalhos de resgate, mudando os templos e cortando-os em blocos para a sua reconstrução noutro local mais elevado.


Alexandria

Fundada por Alexandre Magno, a Alexandria é considerada a segunda capital do Egito e um dos portos mais importantes do Mediterrâneo. Os lugares de maior interesse são: o Museu Greco-romano, a coluna de Pompeia, erguida em honra do imperador Diocleciano, a fortaleza de Kaitbay, erguida no mesmo lugar do antigo farol de Alexandria e os jardins de Almuntazah, onde está o palácio do rei Farouk.


Hurghada

Grande centro turístico, situado a 250 Km de Luxor na costa ocidental do Mar Vermelho, banhado por águas cristalinas, faz fronteira com o deserto e com as montanhas. A principal atração de Hurghada reside na incomparável beleza submarina, com as suas ilhas de coral e a imensa variedade de fauna subaquática. As instalações turísticas proporcionam ao visitante os mais completos e variados serviços: numerosos restaurantes, excursões para explorar o deserto, centros de mergulho e grandes facilidades para a prática de todo o tipo de desportos náuticos.


Sharm El Sheik

Importante zona turística na ponta meridional da península de Sinai, junto às águas transparentes do golfo de Aqaba. Sharm El Sheik é considerado um dos melhores locais do mundo em corais e fauna marinha exótica. As suas solitárias praias, entre elas a famosa baía de Naama, e a paisagem deserta em sua volta, são um convite para os que não querem abdicar de umas férias em tranquilidade. Além do seu incrível ambiente subaquático, Sharm El Sheik oferece uma completa infra-estrutura turística e é o lugar ideal para conhecer a montanha de Sinai e o mosteiro de Santa Catarina.


Embaixada de Portugal no Egito

57, El Guiza Street, El Gama Tower 

Guiza Cairo 

Telef: (00202) 3363950


Embaixada do Egito em Portugal

Av. D. Vasco Gama, 8 

1400-128 Lisboa

Telefone: 213018301





Meios de pagamento